Mais notíciasNotícias

O leilão solar 2020 revelou-se um sucesso com Portugal a bater um novo recorde mundial com o mais baixo preço de energia solar registado.


No leilão, que se realizou a 24 e 25 de agosto, foram adjudicados 670 megawatts (MW), dos quais cerca de 75% na modalidade de Armazenamento (483 MW) e os restantes nas modalidades de Compensação ao Sistema (177 MW) e Contrato por Diferenças (10MW).


Os 12 lotes submetidos a leilão foram adjudicados a seis entidades, metade das quais não se encontra presente no mercado da produção em Portugal. Na modalidade de Armazenamento foram adjudicados oito lotes, na modalidade de Compensação ao Sistema, quatro lotes, e um único lote na modalidade de Contrato por Diferenças (preço fixo).


A empresa Hanwha Q-Cells foi a grande vencedora deste segundo leilão solar tanto em número de lotes (6) como em capacidade adjudicada (total de 315 MW).


Concluído o leilão, registam-se ganhos para os consumidores na ordem dos 559 milhões de euros a 15 anos, o que equivale a cerca de 37,2 milhões de euros/ ano.


Este valor corresponde a um ganho unitário de cerca de 833 mil euros por cada MW adjudicado (15 anos), o que representa um acréscimo de cerca de 80% face ao ganho unitário obtido no leilão de 2019 (cerca de 464 mil euros por cada MW adjudicado).

 

Leia o comunicado na íntegra

Contactos

866 Second Avenue, 9th Floor
New York - NY 10017

+1212 7599444/45/46
portugal@un.int
Twitter 

Mais informação

Secretário-Geral da ONU

António Guterres

António Guterres

 

Ocean conference PT

Ligações úteis

Logotipo Portal das Comunidades Portuguesas

Logotipo Carreiras Internacionais

Logotipo Turismo de Portugal

Logotipo AICEP - Portugal Global

Logotipo Portugal Economy Probe

Logotipo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Logotipo Instituto Diplomático

logo cndh

Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental

 

Nações Unidas

UN Logo